close
Freak.Mus

Freak.Mus – Avril Lavigne está morta?

avril-l

Em meados de 2011, navegando pelas interwebs nos falecidos Blogspots, acabei me deparando com uma curiosa página chamada avrilavigneestamorta.blogspot.com. O curioso blog levantava a teoria de que a princesinha do punk pop Avril Lavigne, teria morrido e na ambição dos empresários e produtores, sendo substituída por outra garota. Diversas “provas” buscavam afirmar essa bizarra história. Verdade ou não, alguns argumentos são bizarramente assustadores, e que provavelmente farão você pensar duas vezes antes de afirmar que a tal teoria é uma grande besteira.

1- A morte

Com um contrato milionário e uma carreira promissora, Avril teve seu primeiro disco lançado em 2002. Let Go apresentava a garota para a indústria sonora. A moça mal tinha saído da adolescência e já vivia de agenda cheia com shows e entrevistas pra os quatro cantos desse mundão de meu Deus. Reza a lenda, que algumas faixas do seu disco na verdade não passavam de um desabafo adolescente sobre seus sentimentos angustiantes, um retrato de sua vida. A teoria sobre sua morte é de que um dia, ao procurar os pais em casa para desabafar, encontrou sua casa vazia, motivando ao suicídio por enforcamento (o que futuramente iria se tornar tema das faixas Nobody’s Home e My Happy Ending).

2- A substituição

Motivados pelo dinheiro, os empresários e produtores foram atrás de uma outra Avril para não secar a mina de dinheiro que a garota havia construído. Substituída, Avril logo tratou de lançar o segundo disco Under My Skin (Sob a Minha Pele. Sugestivo para uma substituta, não?), que segundo a tal teoria havia várias mensagens subliminares da atual para a falecida.

A partir daqui já não era mais a verdadeira Avril, e sim “Avril Lavigne” sob a pele da outra cantora! Note que o nome “Avril Lavigne” está escrito de preto, representando luto pela cantora. A própria “Nova Avril” está de preto, com uma cruz vermelha no ombro. O nome “Under My Skin” está de vermelho. As cores da capa parecem sugerir luto e sangue. Se a “Nova Avril” tava querendo passar alguma mensagem oculta, conseguiu…

3- As músicas e suas histórias

Nobody’s Home (Ninguém está em casa)

Nessa música a nova Avril descreveu o que havia acontecendo com Avril. Ela estava sozinha em casa quando se suicidou:

Eu não poderia te dizer
Porque ela se sentiu daquela maneira, ela sentiu isso todos os dias
E eu não pude ajudá-la
Eu só a vi cometer os mesmos erros novamente
O que está errado, o que está errado agora?
Muitos, muitos problemas
Não sabe aonde pertence, aonde ela pertence

Ela quer ir pra casa, mas ninguém está em casa
É onde ela se encontra,arrasada por dentro
Não há lugar para ir, não há lugar para ir secar seus olhos
Arrasada por dentro
(…)
Seus sentimentos ela esconde
Seus sonhos ela não consegue encontrar
Ela está perdendo a cabeça
Ela foi deixada pra trás
Ela não consegue achar seu lugar
Ela está perdendo a sua fé
Ela caiu em desgraça

My Happy Ending (Meu final feliz)

Nessa faixa, Nova Avril parece vangloriar sobre a morte de sua antecessora:

(OH, oh, oh oh, oh oh…)
Foi muito para meu final feliz
Vamos falar sobre isso
Não é como se estivéssemos mortos
Foi alguma coisa que eu fiz?
Foi alguma coisa que você disse?
Não me deixe esperando
Numa cidade tão morta
Pendurada tão alto
Numa corda tão frágil
(…)
Mas eles não me conhecem…
Todas as coisas que você esconde de mim
(…)
Todo esse tempo você esteve fingindo
Foi muito para o meu final feliz

4- A saudade de um amigo

Evan Taubenfeld fazia parte da banda e era o melhor amigo da cantora. Acompanhava-a desde os primórdios da carreira. Em 2004, Evan abandonou Lavigne, pouco depois de Under My Skin ser lançado. Após sair da banda, Evan compôs a música The Best Years of Our Lives. Confira a letra:

Nós tivemos os melhores anos das nossas vidas,
Mas você e eu nunca seríamos os mesmos,
Setembro me pegou de surpresa,
(Evan deixou Lavigne em setembro de 2003)
E eu fui deixado para ver as estações mudarem.

Tem sido tão calmo desde que você se foi,
E cada dia se parece mais com anos,
As vezes eu queria que eu pudesse seguir em frente,
As lembranças já poderiam desaparecer.

Algumas coisas que eu deveria ter
Dito quando eu tive a chance,
Tantas vezes que nos foram permitidas.

Eu nunca pensei que isso poderia acabar,
Eu nunca pensei que perderia minha melhor amiga, (tá, nessa parte poderia ser meu melhor amigo também).
Tudo é diferente agora,
Nós podemos fazer o mundo parar de girar?

Nunca pensei que deixaria você partir,
Nunca pensei que eu deixaria esse sentimento tão baixo,
Eu queria poder voltar atrás,
E nós pararíamos o mundo de girar.

Relembrando os melhores dias,
Quando eramos jovens, pensamos que conhecíamos tanto.
E agora isso parece tão distante,
Estou me perguntando se eu fui bom o suficiente.

5- O nariz

Outro argumento utilizado para reforçar a teoria é de que a Nova Avril tinha um nariz muito mais fino do que a original. Na época, os empresários foram questionados sobre a estranha mudança do nariz de Avril, que algumas semanas depois responderam que se tratava de uma rinoplastia realizada por opção da cantora. Confira o vídeo comparativo:

6- O Autógrafo

De um disco para o outro, Avril parece ter “esquecido” como dar autógrafos e mudou completamente seus traços. Compare:

7- Outros argumentos:

  1. Rostos diferentes, principalmente o nariz
  2. Avril media 1,58 em 2002, a nova Avril mede 1,55.
  3. A voz da nova Avril além de ser mais fina, ela não consegue alcançar as mesmas notas que a Avril antiga conseguia nas músicas.
  4. As mensagens subliminares do CD Under My Skin (Capa, encarte, letras das músicas)e também em alguns clipes.
  5. Evan Taubenfeld abandonou a banda no ano em que Under My Skin foi lançado e fez uma música dizendo que perdeu sua melhor amiga.
  6. A caligrafia mudou.
  7. Mudança brusca e repentina de personalidade, estilo, etc.
  8. A cantora disse que nunca usaria roupas fofas da moda no estilo diva(Ela odiava cantoras que faziam o estilo patricinha, e ela repudiava esse termo “diva”). A nova se veste dessa forma e recebe o título de diva e não se importa.
  9. A Avril antiga disse que nunca exibiria o corpo para câmeras. A nova faz isso em clipes e ensaios fotográficos. Também disse que nunca iria aderir estilo pop com dançarinas fazendo coreografia no palco. A nova faz tudo isso.
  10. Quando interrogada sobre o assunto pela Band, ela desconversou. A entrevistadora insistiu e a chamou de clone e ela ficou calada e baixou a cabeça.
  11. Marcas de nascença(pintas) que a nova tem e a verdadeira não tinha / Marcas que a verdadeira tinha e a nova não tem / E marcas que a original tinha e a nova tem porém fora do lugar, sugerindo ser uma marca criada artificialmente por plástica.

Verdade ou mito, é bastante assustador ver a cantora mesmo depois de tantos anos ainda permanecer tão jovem, como se estivesse intacta pela idade desde o início dos anos 2000. Para conferir de forma detalhada essa história, acesse o blogspot Avril Lavigne morreu e foi substituída.

Tags : avril lavigneavril lavigne está mortamorreusuicídio
lucasdepaes

O autor lucasdepaes

Ex garoto de programa, publicitário e criador do @sonoramus