close
No Filter

#FreeKesha – Breve análise sobre o caso

kesha-th

Um dos assuntos mais comentados na semana passada, a ação movida pela cantora Ke$ha contra o seu atual produtor Dr Luke gerou muita polêmica nas interwebs. Pra você que não está entendendo bulhufas do caso, a cantora acusa seu produtor de abuso sexual, indução de drogas e distúrbios alimentares. Já o produtor afirma que Ke$ha está se fazendo de vítima para romper o contrato com a gravadora sem pagar multa. O argumento de Dr Luke faz meio que sentido, já que o processo movido no caso de abuso não seria nada relacionado a um rompimento contratual. A grande questão é que ela poderia sim produzir materiais sem Luke, mas por ser empresário e dono do selo fonográfico, lucraria da mesma forma.

O caso acabou repercutindo em todo o cenário musical, e muitos cantores publicaram mensagens de apoio a cantora. Há também aqueles que defendam Dr Luke. A acusação de Ke$ha é grave, mas a argumentação do produtor é bem convincente. Vamos analisar mais a fundo: Você é uma cantora com um contrato preso ao seu produtor e uma multa milionária. Você tenta negociar a multa, mas ele não reduz o valor. Você tenta judicialmente e não dá resultados. O detalhe é que esse mesmo produtor te drogou e abusou sexualmente no início da carreira. O que você faz? Processa o cara por abuso sexual? Não. Move uma ação de rompimento contratual. O fato é que Ke$ha errou cruelmente. O juri entendeu que suas acusações eram apenas um pretexto para romper o contrato. Não estou questionando a idoneidade da cantora, mas não se apaga fogo com fogo.

A situação de Ke$ha é um aprendizado a qualquer artista (não só da música) de que é preciso escolher de forma sábia com quem trabalhar. Saber colocar o seu produto intelectual e criativo nas mãos de produtores, empresários e etc… em mãos realmente confiáveis. Muitas vezes a oportunidade oferecida de fama e sucesso é tentadora, mas é necessário pensar duas vezes antes de fazer um contrato ruim.

Parece que a treta vai se estender por um bom tempo, pois Luke não quer dar o braço a torcer. Ke$ha não produz nada desde o disco Warrior, de 2012. Segundo o site TMZ, a cantora está perto de pedir falência. Espero um bom desfecho, e que todo esse “Blah Blah Blah” seja lembrado no futuro apenas como uma faixa da cantora.

Tags : dr lukeke$hakeshatreta
lucasdepaes

O autor lucasdepaes

Ex garoto de programa, publicitário e criador do @sonoramus